10 passos para elaboração do seu business plan Essay

Sumário

Apresentação 2

Sobre o autor 3

Passo 1 – Sumário executivo 4

Passo 2 – Descrição da proposta de negócio 5

Passo 3 – Análise da indústria 6

Passo 4 – Declaração de missão e valores essenciais 7

Passo 5 – Plano de administração 8

Passo 6 – Produtos e processo de produção 9

Passo 7 – Marketing 10

Passo 8 – Questões globais 11

Passo 9 – Plano financeiro 12

Passo 10 – Apêndices 13

Aprenda a administrar a sua empresa 14

Conheça outras obras de minha autoria 15

Material de apoio 16

Apresentação

O objetivo deste ebook é apresentar os 10 passos necessários para que você possa elaborar o seu Business Plan. O plano de negócios é a primeira etapa fundamental para qualquer empreendedor ter sucesso na sua atividade empresarial. Mesmo que você já tenha um negócio, este conhecimento será bastante útil para melhorar a organização e o desempenho financeiro da sua empresa. O grande diferencial desta obra é que você obterá um link para ter acesso a um modelo de formulário que ajudará na elaboração do seu próprio plano de negócios, permitindo que você possa colocar em prática o conhecimento obtido com a leitura deste ebook que é altamente recomendado para empreendedores, professores e estudantes da área, inclusive como material complementar de estudo para que você possa ter sucesso na sua formação e nos seus negócios. O empreendedorismo também é um ótimo caminho para pessoas que estejam buscando uma nova fonte de renda e um excelente desempenho financeiro que pode levar ao enriquecimento pessoal.

Sobre o autor

Marcelo Gonçalves é Administrador com CRA/BA – 09496 e Mestrando em Administração de Empresas pela University of the People. Possui Pós-Graduação Internacional em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas – FGV, com módulo no U.S. Business and Economic Strategies realizado na Rady School of Management da University of California San Diego, além de ser Bacharel em Administração de Empresas pela Universidade Católica do Salvador – UCSAL. Tem uma formação sólida com diversos títulos, cursos de qualificação e mais de 20 anos de experiência na área de administração.

Contato: [email protected]

Passo 1 – Sumário executivo

Embora o sumário executivo esteja incluído no primeiro passo por ser a primeira seção do plano, na verdade ele é escrito por último porque contempla as partes principais ou essenciais de todas as outras seções do plano de negócios. O sumário executivo deve ter uma ou no máximo três páginas e descrever os aspectos mais importantes de cada parte do plano, uma vez que será a porta de entrada para o leitor do seu Business Plan. Assim, o seu sumário executivo deve ser feito com bastante cuidado para demonstrar a um potencial investidor sobre todas as qualidades do plano e a sua viabilidade operacional e financeira. O sumário executivo também ajuda o próprio empreendedor a sintetizar e compreender o conceito do seu negócio.

Passo 2 – Descrição da proposta de negócio

Nesta seção, você fará uma descrição geral da empresa e qual a sua motivação para iniciar este empreendimento. Assim sendo, deve ficar claro o que sua empresa venderá, para quem os produtos ou serviços serão vendidos, de que maneira a atividade empresarial será realizada (por exemplo, você comprará matéria-prima para fabricar um produto ou apenas revenderá mercadorias? Seu negócio seria apenas voltado para a prestação de serviços?). Esta parte ainda deve explicar como você irá comercializar e distribuir os seus produtos, em outras palavras, como a atividade logística será desempenhada. Outra questão é identificar quais aspectos foram determinantes para a escolha da localização do empreendimento. É claro que as outras partes do plano detalharão mais esses aspectos, contudo esta parte do plano tem o objetivo de dar uma visão mais ampla sobre o funcionamento do negócio.

Passo 3 – Análise da indústria

A análise da indústria envolve um entendimento amplo do nível de concorrência (será que você está entrando em uma indústria muito competitiva que irá reduzir o desempenho da sua rentabilidade?), bem como do poder de barganha dos fornecedores e consumidores. Se você ficar muito dependente de um único fornecedor, ele terá um maior poder para impor preços mais caros sobre a matéria-prima, prejudicando a sua margem de lucro. Por outro lado, quanto mais clientes você tiver, menor será a sua dependência de um determinado consumidor. Um restaurante com muitos clientes não terá o seu negócio prejudicado se uma determinada família não for almoçar no final de semana, pois existem diversos outros clientes que continuarão frequentando o estabelecimento. Um nível de concorrência elevado, como foi dito, também é ruim porque os clientes terão mais opções e poderão optar por frequentar outro lugar. Os produtos substitutos também devem ser considerados quando for realizada a análise da indústria, pois certos produtos podem produzir uma mesma função, utilidade ou sensação para o cliente, ainda que sejam diferentes. Um exemplo bastante popular é o caso do Uber que cumpre a função de serviço de transporte que pode ser utilizado no lugar do táxi. Essa realidade também ocorre bastante com produtos alimentícios como a manteiga que pode ser facilmente substituída pela margarina. Finalmente, os novos entrantes devem ser analisados tanto pelas empresas que pretendem entrar no mercado quanto por aquelas que já estão atuando dentro da indústria. Se você vai entrar em um mercado bastante competitivo isso é um motivo de preocupação e é possível que as empresas já estabelecidas criem barreiras de entrada para prejudicar o ingresso de novos competidores no ramo.

Passo 4 – Declaração de missão e valores essenciais

A declaração de missão descreve o negócio da organização e informa todos os stakeholders sobre a sua razão de existir. Normalmente a declaração de missão é definida em um pequeno texto que informa a atividade da companhia, o que ela faz, e de que maneira desempenha as suas atribuições gerais. A missão de uma empresa também indica um entendimento de qual é o escopo de atuação da organização, indicando o seu grau de especialização, abrangência geográfica etc. As empresas costumam divulgar a declaração de missão em um quadro exposto ao público, bem como no seu próprio website. Não ter uma declaração de missão é um sinal claro de que a empresa precisa corrigir a forma como é administrada. Os valores essenciais são as crenças e definições que determinam o que a empresa espera dos seus empregados, em outras palavras, o que eles podem ou não fazer. É uma mensagem clara para toda a organização, guiando o comportamento do público interno e externo no que diz respeito à cultura geral determinada para a empresa. Por exemplo, um valor essencial de meritocracia deixaria claro para um gerente que o funcionário mais qualificado e com melhor desempenho é o que deve ser promovido. Deste modo, não seria aceitável em nenhuma hipótese crer que o gerente promoveu alguém apenas pelo sentimento de amizade.

Passo 5 – Plano de administração

Esta parte do Business Plan estabelece um esboço geral de como a empresa será administrada, tratando da forma legal de organização, da qualificação dos administradores e do formato da sua remuneração, bem como da estrutura organizacional que será utilizada pela empresa. De acordo com o Portal do Empreendedor, o Microempreendedor Individual – MEI é aquele que fatura até R$ 81 mil por ano e que se enquadra nas condições de não participar como sócio, administrador ou titular de outra empresa. Além disso, o MEI só pode contratar no máximo um empregado e sua atividade econômica deve estar contemplada na Resolução nº 143 do Comitê Gestor do Simples Nacional. Já a definição de microempresa e de empresa de pequeno porte pode ser obtida na Lei Complementar nº 123. De acordo com a legislação, a microempresa é aquela com receita bruta anual igual ou inferior a R$ 360.000. Por outro lado, a empresa de pequeno porte possui uma receita bruta anual superior a R$ 360.000 e inferior a R$ 4.800.000. O SEBRAE apresenta uma lista bem simples para que você possa compreender as características das empresas pela forma jurídica. Assim, você pode atuar como autônomo, microempreendedor individual, ter uma sociedade empresária ou uma sociedade simples. A recomendação é que seja consultado um serviço de contabilidade para que o empreendedor possa conhecer a forma legal de organização mais adequada aos seus objetivos, inclusive levando em conta os aspectos tributários da decisão. Também é fundamental definir qual a qualificação desejada para os administradores da empresa, de modo a determinar a formação ou treinamento necessário para suprir uma lacuna nas competências. O pacote de remuneração desses administradores é essencial para o sucesso do negócio, sendo fundamental um sistema de remuneração baseado em incentivos e também no desempenho alcançado pelos administradores. A estrutura organizacional deve contemplar uma relação das principais responsabilidades de cada membro da administração. Caso a empresa tenha uma estrutura mais complexa será necessário elaborar um organograma.

Passo 6 – Produtos e processo de produção

Nesta seção o empreendedor deve explicar quais produtos serão oferecidos pela sua empresa e como eles serão produzidos (esta parte também se aplica à prestação de serviços). Digamos que você pretenda abrir um salão de beleza. Quais seriam os diferenciais dos seus cortes de cabelo, tinturas e demais serviços de manicure e embelezamento, com relação ao que já é oferecido pelo mercado? Se você tem um restaurante, qual o diferencial das cervejas e moquecas de camarão oferecidas? Assim sendo, você terá que refletir sobre o desenho dos seus produtos (inclusive aspectos ligados à matéria-prima e embalagem), além de analisar a tecnologia necessária para projetar e produzir os produtos/serviços. Também será importante determinar as instalações de produção e a localização mais adequada dessas instalações, os tipos de equipamentos utilizados, os trabalhadores necessários para atuar no processo produtivo, o volume desejado de produção e como será feito o controle de qualidade.

Passo 7 – Marketing

Quatro estratégias básicas de marketing devem ser descritas no Business Plan. Em primeiro lugar, você deve definir o seu mercado-alvo, ou seja, fazer uma descrição básica do perfil de consumidor desejado para o seu negócio. Por exemplo, o seu salão de beleza é focado no atendimento ao público masculino, feminino ou ambos? O seu bar/restaurante é voltado para um público com idade mais avançada que bebe vários tipos diferentes de uísque ou você quer atender clientes mais jovens e descolados que preferem beber cerveja? Em segundo lugar, você deverá estabelecer o preço para cada um dos seus produtos, esse preço dependerá do custo de produção, da concorrência e do perfil do seu consumidor. Por exemplo, clientes mais jovens podem não dispor da mesma capacidade financeira de um adulto que exerce uma profissão definida no mercado de trabalho. Em terceiro lugar, você deve determinar a sua estratégia de distribuição. Você irá até o cliente ou ele frequentará pessoalmente o estabelecimento. Os negócios ocorrerão em formato físico ou virtual, por meio da internet? Você venderá diretamente o seu produto para os seus consumidores ou utilizará a estrutura de outros varejistas? Finalmente, como você pretende promover o seu produto? Que tipo de propaganda será feita para que os clientes não apenas conheçam o seu produto, mas fiquem estimulados a comprá-lo.

Passo 8 – Questões globais

Nesta seção, você indicará quando e como a sua empresa pretende realizar negociações no mercado internacional. Esta parte também será usada para que você possa explicar como pode se defender contra a possível ameaça de empresas globais. Assim sendo, esta parte se aplica a várias situações. Por exemplo, sua empresa pode operar nacionalmente, mas depende de uma matéria-prima que é comprada em outro país. Aqui podem ser incluídos também os aspectos relacionados à inovação (conhecer práticas de gastronomia realizadas em outros países), crescimento (oferecer seus produtos em outras partes do mundo) e tendências globais que possam impactar de alguma maneira na sua atividade de negócios.

Passo 9 – Plano financeiro

O plano financeiro deve indicar qual o volume de investimento necessário para abrir o negócio e qual a avaliação do retorno desse investimento, o que pode ser feito por uma combinação de métodos tais como TIR, payback e VPL. O investimento realizado no negócio só será vantajoso se a taxa de retorno superar o custo do capital, se a expectativa do tempo de retorno do investimento exigida pelo empreendedor for atendida e se os valores presentes das entradas futuras de caixa superarem o valor inicial investido, isto é, se o investimento for lucrativo. Além disso, é importante identificar qual a origem do dinheiro, ou seja, o percentual de capital próprio e de terceiros. Devem ser realizadas projeções, utilizando demonstrações financeiras de balanço patrimonial, de demonstração do resultado e de fluxo de caixa.

Passo 10 – Apêndices

Qualquer documento adicional que possa detalhar o que foi exposto no plano de negócios pode ser incluído nesta parte. Por exemplo, você pode incluir aqui o currículo completo dos administradores, pesquisas realizadas durante a elaboração do plano, dentre outras informações que julgar necessárias.

Aprenda a administrar a sua empresa

CONHEÇA O EBOOK 4 ETAPAS PARA ADMINISTRAR SEU NEGÓCIO

O objetivo deste ebook é identificar 4 etapas simples para que você possa implantar e conduzir uma administração com sucesso em sua empresa. Uma boa administração é composta de planejamento, organização, direção e controle que serão as suas funções a partir de agora na gestão do seu negócio. O diferencial desta obra é a apresentação de exercícios para que você possa colocar em prática o conhecimento obtido para cada uma dessas funções, inclusive com a elaboração de planilhas eletrônicas.

Conheça outras obras de minha autoria

7 PASSOS PARA COMEÇAR SEU MESTRADO

Você já pensou na ideia de ter um mestrado internacional? Já imaginou como isso poderia alavancar a sua carreira? Neste ebook vou descrever os passos que segui para ingressar no Mestrado em Administração de Empresas da University of the People. E quais as vantagens de fazer este curso? Além de obter um diploma de uma universidade americana acreditada, você tem a possibilidade de fazer networking com pessoas de todo o mundo, aprimorar bastante o seu inglês, avançar na sua área de formação ou aprender um novo campo de conhecimento, tudo isso com a comodidade do ensino à distância.

11 APLICATIVOS PARA ADMINISTRAR AS SUAS FINANÇAS

O objetivo deste ebook é indicar um conjunto de aplicativos que oferecem sistemas que ajudam as pessoas a administrarem a sua vida financeira de uma maneira mais inteligente. Os empreendedores se beneficiarão bastante desse conteúdo, uma vez que a organização das suas finanças pessoais dará mais tranquilidade para cuidar do próprio negócio livre das preocupações com assuntos relacionados a dinheiro. A boa administração dos recursos financeiros, na verdade, é um assunto de grande importância para qualquer pessoa e tem se tornado um tema cada vez mais recorrente na mídia e também na internet. O diferencial desta obra está no comentário de aplicativos que já existem e que podem ser utilizados imediatamente pelo leitor, colocando o conteúdo em prática.

Material de apoio

Clique aqui para obter acesso ao formulário para elaboração do plano de negócios. Este material de apoio tem o objetivo de servir como roteiro para que o leitor possa colocar em prática o conteúdo abordado neste ebook, de modo a facilitar o seu aprendizado e compreensão do assunto. Em nenhuma hipótese substitui uma consultoria com profissional especializado que é muito importante especialmente se o seu plano tem a finalidade de cumprir a exigência de alguma instituição para obtenção de recursos financeiros destinados ao investimento no negócio.

How to cite this essay: